Segunda-feira, 8 de Março de 2010

Feliz Dia Internacional da Mulher e todas as novidades sobre a grande noite dos Óscares 2010!!!

Para começar o post de hoje desejo a todas as mulheres do mundo inteiro um "Feliz Dia Internacional da Mulher"...

 

Deixo-vos com a história do dia da mulher...

 

Feminismo monárquico e republicano
 

 
 

Foi em 1910 que teve lugar a 1ª Conferência Internacional de Mulheres, em Copenhaga, onde foi aprovada  uma proposta da socialista alemã Clara Zetkin de instituição de um Dia Internacional.

 

O dia não foi estabelecido, mas com o passar dos anos acabou por ser celebrado a 8 de Março. O dia em que se recordava uma marcha organizada em 1857 pelas operárias da indústria têxtil, em Nova Iorque, reivindicando melhores condições de trabalho e melhores salários. Há quem diga que as mulheres acabaram por ser  trancadas pelos patrões dentro da fábrica, que depois atearam fogo local, matando cerca de 130 mulheres.

Em 1910, também chegavam a Portugal os ecos das lutas femininistas que tinham lugar nos Estados Unidos e Europa, sobretudo, Inglaterra, França e Dinamarca.

Enquanto lá por fora a maior parte das lutas eram protagonizadas pelas operárias, por cá, as feministas eram oriundas, sobretudo da burguesia.

O feminismo foi monárquico e republicano, uniu e afastou as mulheres portuguesas.  E é um pouco dessas histórias que João Esteves, investigador  do Centro de Estudos de Sociologia da Universidade Nova de Lisboa e especialista na temática do Feminismo na 1ª República contou em entrevista à Renascença.
 


'Por que um Dia Internacional da Mulher?'

http://documentotupiniquim.com/wp-content/uploads/2008/03/rosa.jpg

 

Consagrada como Dia Internacional da Mulher, a data de 8 de março vem sistematicamente propiciando em toda parte eventos culturais ou festivos que são promovidos por entidades ou grupos que pretendem contribuir, de alguma forma, para a perpetuação do seu simbolismo.

Simbolismo que justifica a sua existência e a sua celebração, a despeito dos questionamentos que surgem às vezes, principalmente por elementos do sexo oposto, que não estão inteirados do seu verdadeiro sentido, e costumam indagar: "Por que um Dia Internacional da Mulher?"; "Por que não também do Homem?"

Na verdade, embora a sua existência se prenda a intensos movimentos de reivindicação política e trabalhista, a greves, passeatas e perseguição policial, em acontecimentos que tiveram lugar na primeira década do século XX, essa data simboliza a busca da igualdade social entre homens e mulheres, arduamente conquistada no decorrer do século precedente até chegarmos às transformações que, neste século, estabeleceram a consciência do papel da mulher como trabalhadora e cidadã, contribuindo para o desenvolvimento social e o bem-estar geral.

Com efeito, embora essa celebração muitas vezes esteja associada a um incêndio ocorrido numa fábrica em Nova York, em 1911, nos Estados Unidos, que marcou o ativismo feminista naquele país, a sua origem foi detectada já em 1910, quando na Primeira Conferência Internacional de Mulheres da Internacional Socialista, realizada em Copenhagen, foi proposta pela alemã Clara Zetkin, passando a ser comemorado em datas variadas, sendo-lhe consagrado o dia 8 de março apenas na década de 60, com a revitalização do feminismo, acabando por ser oficialmente instituído pela ONU em 1975, ano que fora designado "Ano Internacional da Mulher".

Desde então, a data tem por objetivo lembrar tanto as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres em seus respectivos países como também as discriminações a que estão ainda submetidas muitas mulheres em vários lugares do globo.

A periodicidade dessa comemoração, portanto, traz em seu bojo uma história muito significativa das dificuldades encontradas pelas mulheres de todo o mundo para construir a sua ascensão à igualdade de oportunidades e participação na vida social, e das conquistas que, sem desmerecer o papel que continuam a exercer no seio da família, na procriação e na criação dos filhos vieram permitir-lhes, através de muitas lutas, não só colaborar com seus proventos para a renda familiar e assim constituir profissionalmente para o desenvolvimento e o progresso da nação, mas também, pelo voto e pela representação política arduamente conquistados, alterar o seus status na sociedade proporcionando-lhes o acesso igualitário a cargos e postos que antes lhe eram vedados.

São motivos suficientes para a celebração de uma efeméride que, tendo dimensão global, faz ruir as fronteiras das raças e nacionalidades, e nos transforma, as mulheres do mundo, numa grande irmandade com aspirações comuns e ações solidárias!

 

 


Dia da Mulher: Sugestões para um dia especial!

 

Dia da Mulher: Sugestões para um dia especial!


Se ainda não tem programa para o Dia da Mulher, escape.pt deixa-lhe aqui mais algumas (boas) sugestões para esta data tão especial. Entre ementas especiais e massagens fantásticas, basta apenas escolher como quer celebrar. 

  

Ladies@FONTANA 

O Fontana Park Hotel, em Lisboa, vai celebrar o Dia da Mulher, 8 de Março, com um maravilhoso buffet de fim de tarde que conta com a participação de um grupo de maquilhadoras, prontas para ensinar todos os truques para uma make up perfeita. O lounge buffet mediterrânico custa 10 euros e já inclui uma bebida. Aconselha-se uma uma elegante Mimosa (espumante com sumo de laranja). O buffet decorre entre as 19h00 e as 21h00.

 

AdLib: All Women Dinner com chocolate e flores

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, o restaurante AdLib propõe um Menu de Chocolate e Flores num jantar exclusivo para o público feminino: o AdLib – All Women Dinner. Nesta noite, a partir das 20H00, o restaurante fecha as suas portas aos homens e recebe as suas clientes para um jantar especial preparado pelas chefs de cozinha Isabelle Alexandre, e de pastelaria, Beatrice Dupasquier que, desta forma, garantem o toque exclusivamente feminino do evento. O menu custa 25 euros e inclui café e bebidas.

 

Guilho oferece garrafa de vinho

Restaurante Guilho, na Amadora, não podia deixar passar ao lado a comemoração do Dia da Mulher. Assim, o Guilho deixa o desafio: “Venham em grupo, com companhia ou simplesmente sozinhas, mas venham!”. Para celebrar a data, o restaurante oferece uma garrafa de vinho para cada duas pessoas, válida em jantares ou almoços compostos por entrada, pratos e sobremesas.

 

Mimos no Casino Espinho

O Casino Espinho assinala o Dia Internacional da Mulher com um programa especial que inclui jantar, música ao vivo e animação variada. A homenagem ao público feminino inicia-se com uma ementa repleta de mimos gastronómicos, com aromas e sabores a despertar os sentidos mais apurados. Nesta noite no feminino, as especialidades confeccionadas pelo chefe Carola podem ser degustadas ao som do Duo André Sarbib e da música pop e chill out do Trio Diana Basto. Logo após o jantar, o Casino Espinho oferece uma viagem pelos melhores êxitos da consagrada carreira do Rei da Pop, através do espectáculo “Michael Jackson – Dance Tribute”. Preços a partir de 20 euros.

 

Descontos no Windclub Restaurante/Bar

O Windclub Restaurante/Bar, em Oeiras? Celebra o Dia da Mulher com descontos e uma surpresa. Assim, no dia 8 de Março, ao almoço ou ao jantar, as mulheres têm 10 % de desconto nas refeições e ainda recebem um presente-surpresa, oferta da Sanoflore.

 

Dia da Mulher nos Real Spa

O Grande Real Villa Itália Hotel & Spa, em Cascais, elaborou um pacote especial exclusivo para a Mulher. É composto por uma massagem no Real Spa Marine e uma refeição no restaurante Belvedere. Além de uma massagem Real Relaxação Total, ideal para eliminar o stress, as mulheres podem usufruir de um menu Dia da Mulher, disponível no Belvedere ao almoço e ao jantar. O pacote do Grande Real Villa Itália Hotel & Spa custa 145 euros por pessoa e está disponível de 5 a 14 de Março de 2010. No Algarve, o Real Spa Thalasso, do Grande Real Santa Eulália Resort & Hotel Spa, oferece durante todo o mês de Março um desconto de 50% em todos os tratamentos às mulheres que efectuarem uma marcação para trinta tratamentos à sua escolha.

  

Festa havaiana para mulheres em Aljustrel

O Dia Internacional da Mulher conta com uma programação diversificada, em Aljustrel, para homenagear as mulheres do concelho. A partir das 10h00 da manhã, serão distribuídas flores às mulheres de todo o concelho. Á tarde, na Biblioteca Municipal, decorre um workshop de pintura de azulejos, orientado pelo Atelier Bicos & Bicos. À noite, o Pavilhão do Parque de Feiras Exposições é palco de uma Festa Havaiana com o DJ. Peter Lewis. Esta festa, com início marcado para as 22h00. As mulheres não pagam.

  

Arte é Feminino em Vendas Novas

Vinte e oito mulheres artistas participam em Vendas Novas numa exposição colectiva de pintura para assinalar os 100 anos do Dia Internacional da Mulher. Arte é Feminino pode ser vista no Auditório Municipal de vendas Novas até ao final do mês. A mostra procura afirmar que a estética, a par das técnicas utilizadas pelas diferentes expressões artísticas, é influenciada pelo facto do ser que se exprime estar em feminino.

 

Um Charme de Mulher em Coimbra

O Município de Coimbra e o Café Santa Cruz, celebram o Dia da Mulher a partir ddas 17h00 com uma palestra sob o título “Aspectos da moda feminina na primeira metade do século XX”, a cargo de Maria Alice Guimarães. A palestra será complementada com uma mostra de chapéus de época, que integram o acervo da Casa Museu Quinhentista da Pampilhosa. Cabe ao grupo “Be Flat” dar continuidade à comemoração do Dia da Mulher, no Café Santa Cruz, através de uma actuação com início marcado para as 18h00.

 

 

A noite dos Óscares 2010...

 

Vencedores...

 

Kathryn Bigelow foi a vencedora dos Óscares 2010

http://img.terra.com.br/i/2010/03/08/1466093-0593-cp.jpg

Estado de Guerra derrotou o gigante Avatar. E Kathryn Bigelow tornou-se a primeira mulher a ganhar o Óscar para a melhor realização. VEJA A GALERIA DE FOTOS DA NOITE, CONSULTE A LISTA DOS VENCEDORES, RECORDE OS NOMEADOS, REVEJA OS TRAILERS, LEIA AS CRÍTICAS


 

 

Kathryn Bigelow fez história no domingo na 82ª edição dos Óscares ao ser a primeira mulher a vencer na realização e ao derrubar "Avatar", de James Cameron, na categoria de melhor filme.

 

"Estado de guerra", drama de guerra passado no Iraque, conquistou seis Óscares de um total de nove nomeações, entre os quais os mais cobiçados: melhor filme e realização.

 

Com um filme de baixo custo, sobre uma equipa militar que desmantela bombas no Iraque, Kathryn Bigelow derrubou o colosso tecnológico e financeiro, "Avatar", do seu ex-marido James Cameron.

 

E o Óscar foi para...

 

FILME: Estado de Guerra


 

REALIZADOR: Kathryn Bigelow


 

ACTOR PRINCIPAL: Jeff Bridges


 

ACTOR SECUNDÁRIO: Cristopher Waltz


 

ACTRIZ PRINCIPAL: Sandra Bullock


 

ACTRIZ SECUNDÁRIA: Mo'Nique


 

ARGUMENTO ORIGINAL: Em Estado de Guerra


 

ARGUMENTO ADAPTADO: Precious


 

ANIMAÇÃO: Up


 

FILME ESTRANGEIRO: El secreto de sus ojos


 

DIRECÇÃO ARTÍSTICA: Avatar


 

FOTOGRAFIA: Avatar


 

GUARDA-ROUPA: A Jovem Vitória


 

DOCUMENTÁRIO: The Cove


 

CURTA DE DOCUMENTÁRIO: Music by Prudence


 

MONTAGEM: Em Estado de Guerra


 

MAKE UP: Star Trek


 

BANDA SONORA: Up


 

CANÇÃO: The Weary Kind


 

CURTA DE ANIMAÇÃO: Logorama


 

CURTA DE FICÇÃO: The New Tennants


 

MONTAGEM DE SOM: Em Estado de Guerra


 

MISTURA DE SOM: Em Estado de Guerra


EFEITOS VISUAIS: Avatar



Guerra Ao Terror é o vencedor do Oscar 2010

Filme derrota o grande favorito Avatar e leva seis estatuetas para casa

Do R7

divulgação
 
Guerra ao Terror de Kathryn Bigelow leva os principais prêmios da noite na 82ª edição do Oscar
 

 

Neste domingo (7), a 82ª edição do Oscar consagrou o filme Guerra ao Terror, de Kathryn Bigelow, que levou para casa seis estatuetas douradas sendo duas delas as principais e mais cobiçadas (Melhor Filme e Melhor Direção). As outras foram: Melhor Roteiro Original, Melhor Edição de Som, Melhor Mixagem de Som e Melhor Montagem. A cerimônia de entrega aconteceu no Kodak Theatre, em Los Angeles, nos Estados Unidos.

 

A diretora Katryn Bigelow foi a primeira mulher a levar um Oscar. Ela deixou Avatar no chão e mostrou aos estúdios de Hollywood que se pode fazer um bom filme sem ter de gastar muito.

Guerra ao Terror conta a história de uma unidade antibombas atuando no Iraque e foi lançado originalmente no Brasil (há dez meses) direto no formato DVD, tratamento normalmente oferecido a lançamentos cuja expectativa de sucesso de bilheteria é pequeno. O erro foi corrigido após as indicações do filme ao Oscar, com a atração chegando aos cinemas brasileiros.

Avatar, recordista mundial de bilheteria, saiu do evento como derrotado apesar de ter levado três estatuetas - Melhor Direção de Arte, Melhor Direção de Fotografia e Melhor Efeitos Visuais. São todos prêmios técnicos menores, muito pouco para quem esperava sair consagrado como Melhor Filme e Melhor Diretor (James Cameron).

Jeff Bridges ficou com o Oscar de Melhor Ator por seu trabalho em Coração Louco. O ator era o grande favorito e não foi surpresa alguma sua vitória. Sandra Bullock também levou a estatueta de Melhor Atriz para casa por Um Sonho Possível. Embora as apostas em Sandra fossem grandes, a categoria estava muito disputada, inclusive com a premiada Meryl Streep entre as concorrentes. O curioso é que no mesmo domingo pela manhã, a melhor atriz do ano também recebeu o Framboesa de Ouro, que elege os piores do cinema.

Bastardos Inglórios, longa de Quentin Tarantino, concorria em oito categorias. Mas não foi dessa vez que as ousadias de seu diretor foram recompensadas. O filme ganhou apenas um, porém justíssimo Oscar, o de Melhor Ator Coadjuvante para Christoph Waltz.

Na também concorrida categoria de Melhor Animação, Up - Altas Aventuras, da Disney/Pixar foi a eleita, coisa que já era esperada. Os outros competidores com maiores chances eram O Fantástico Sr. Raposo e A Princesa e o Sapo, este último também da Disney.

Veja abaixos os vencedores:

Melhor Ator Coadjuvante
Christoph Waltz, por Bastardos Inglórios

Melhor Longa de Animação
Up - Altas Aventuras

Melhor Canção Original
The Weary Kind, de T-Bone Burnett e Ryan Bingham para Coração Louco

Melhor Roteiro Original
Mark Boal, por Guerra ao Terror

Melhor Curta-Metragem de Animação
Logorama

Melhor Curta-Metragem Documentário
Music by Prudence

Melhor Curta-Metragem
The New Tenants

Melhor Maquiagem
Star Trek

Melhor Roteiro Adaptado
Geoffrey Fletcher, por Preciosa - Uma História de Esperança

Melhor Atriz Coadjuvante
Mo´Nique, por Preciosa - Uma História de Esperança

Melhor Direção de Arte
Avatar

Melhor Figurino
The Young Victoria

Melhor Edição de Som
Guerra ao Terror

Melhor Direção de Fotografia
Mauro Fiore, por Avatar

Melhor Trilha Sonora
Up - Altas Aventuras

Melhores Efeitos Visuais
Avatar

Melhor Filme Estrangeiro
O Segredo dos Seus Olhos

Melhor Ator
Jeff Bridges, por Coração Louco

Melhor Atriz
Sandra Bullock, por Um Sonho Possível

Melhor Direção
Kathryn Bigelow, por Guerra ao Terror

 

Melhor filme
Guerra ao Terror

 

OSCAR 2010: Conheça a reação de outros ganhadores da noite
Da Redação

Vencedores

E o Oscar 2010 continua dando o que falar. O Hollywood Reporter publicou as declarações de alguns dos vencedores do Oscar, retratando as reações de cada um. A Melhor Diretora que, junto a este prêmio, faturou outros cinco com Guerra ao Terror, Kathryn Bigelow, disse que espera ser a primeira mulher de muitas que vencerão na categoria.

Os jornalistas provocaram sobre a concorrência direta entre ela e seu ex-marido, James Cameron, diretor de Avatar. Bigelow disse que Camerom é "um cineasta extraordinário" e o apontou como um dos diretores que a inspiraram. Mas quando questionada a respeito de quais seriam suas palavras ao ex-marido neste momento, Bigelow ficou sem resposta.

O roteirista de Guerra ao Terror, Mark Boal, disse que se sentia maravilhoso com o prêmio e afirmou que há muitas histórias sobre guerra que precisam ser exploradas pelos artistas. Sobre o trabalho em conjunto com a diretora, Boal acredita que "ajuda muito ter um gênio para dirigir um filme" e, emocionado, reiterou seu agradecimento ao pai falecido que o ensinou e o encorajou a seguir o coração.

Mo'Nique foi até os jornalistas e sua entrevista foi bem alto-astral. Começou falando sobre seu traje: "A razão de eu estar usando esse vestido azul é porque Hattie McDaniel usava um vestido da mesma cor quando venceu [o Oscar em 1940, por ... E O Vento Levou]. A atriz ainda falou sobre a influência que o prêmio pode ter na sua carreira: "Eu sou uma comediante de stand-up que venceu o Oscar", e declarou que seria ótimo se o prêmio impulsionasse sua carreira, mas se isso não acontecer, ela promete ser a pessoa dinâmica que se esforça para ser todos os dias e, assim sendo, ela terá ganhado.

Vencedora de Melhor Atriz Coadjuvante por Preciosa - Uma História de Esperança, Mo'Nique revelou que seu papel a ensinou a não julgar e a amar incondicionalmente. Já o Melhor Ator Coadjuvante, Christoph Waltz, de Bastardos Inglórios, diz que não pensa tanto nos prêmios e este é um conselho que ele dá para os jovens atores em início de carreira.

Jeff Bridges, vencedor de Melhor Ator por Coração Louco, declarou que a vitória deve ajudar no seu envolvimento com a música: "É algo que eu tenho feito há um bom tempo e isto vai me ajudar a continuar." Ele também acredita que a conquista possa dar mais visibilidade ao filme.


Imagens de momentos da noite dos Óscares 2010...


http://i2.r7.com/data/files/2C92/94A4/2724/26B9/0127/3B93/E47D/3FA3/christoph-waltz-500-700.jpg



O austríaco Christoph Waltz foi o primeiro a receber uma estatueta. Ele levou para casa o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por interpretar o coronel Hans Landa em Bastardos Inglórios, de Quentin Tarantino


http://i2.r7.com/data/files/2C92/94A4/2724/26B9/0127/3BB6/77E5/654D/animacao-g.jpg


Como esperado, o filme da Disney/Pixar, Up - Altas Aventuras, venceu na categoria de Melhor Animação. Pete Docter, um dos diretores do longa foi receber seu troféu


http://i2.r7.com/data/files/2C92/94A4/2724/26B9/0127/3BB1/AB8A/6219/cancao-original-g.jpg


Ryan Bingham (à direita) e T Bone Burnett (à esquerda) sobem ao palco para receber o Oscar de Melhor Canção Original para a música The Weary Kind, do longa Coração Louco


http://i2.r7.com/data/files/2C92/94A4/2724/26B9/0127/3BB0/6315/6099/mark-boal-g.jpg


O prêmio de Melhor Roteiro Original foi para Mark Boal, de Guerra ao Terror



 


Nicolas Schmerkin sobe ao palco para receber o prêmio de Melhor Curta de Animação para Logorama, que tem Antonio Banderas como um dos produtores



 


Elinor Burkett (à esquerda) e Roger Ross Williams (à direita) seguram os troféus de Melhor Documentário em Curta-Metragem por Music by Prudence



 

AP

Tivi Magnusson (à esquerda) e Joachim Back (à direita) comemoram o prêmio de Melhor Curta-Metragem Dramático para The New Tenants



 


Da esquerda para à direita, Mindy Hall, Barney Burman e Joel Harlow, vencedores na categoria de Melhor Maquiagem, por Star Trek


 

Geoffrey Fletcher aceita o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado por Preciosa - Uma HIstória de Esperança


 

O troféu de Melhor Atriz Coadjuvante foi para a veterana Mo'Nique, de 42 anos, por seu trabalho em Preciosa - Uma História de Esperança



 

Sandy Powell recebeu a estatueta de Melhor Figurino pelo longa-metragem A Jovem Rainha Victoria, que tem Emily Blunt no elenco



 

Paul N.J. Ottosson, de Guerra ao Terror, recebeu o troféu de Melhor Edição de Som



 

Na categoria Melhor Direção de Arte, o trio Rick Carter, Kim Sinclair e Robert Stromberg, de Avatar, vence e sobe ao palco do Kodak Theatre para receber suas estatuetas



 

O prêmio de Melhor Fotografia da 82ª edição do Oscar ficou com Mauro Fiore, de Avatar


 

Michael Giacchino posa feliz com sua estatueta de Melhor Trilha Sonora Original pela animação Up - Altas Aventuras


 

A equipe de The Cove ganha o prêmio de Melhor Documentário


 

O espanhol Pedro Almodóvar entrega o troféu de Melhor Filme Estrangeiro para o argentino Juan José Campanella, diretor de O Segredo dos Seus Olhos



 


A equipe de Efeitos Visuais do longa-metragem Avatar foi a vencedora da categoria. Da esquerda para à direita, Joe Letteri, Stephen Rosenbaum, Andrew R. Jones e Richard Baneham posam com seus troféus



 

O favorito Jeff Bridges levanta sua estatueta de Melhor Ator da 82ª edição do Oscar pelo filme Coração Louco


 

Sandra Bullock se emocionou com o prêmio de Melhor Atriz que ganhou pelo filme Um Sonho Possível. Logo em sua primeira indicação, ela desbancou veteranas como Meryl Streep e Helen Mirren


 

Kathryn Bigelow, de Guerra ao Terror, entra para a história se tornando a primeira mulher a ganhar um Oscar de Direção


 

Kathryn Bigelow, Mark Boal e membros do elenco de Guerra ao Terror comemoram a vitória da produção na categoria Melhor Filme da 82ª edição do Oscar


 

A Melhor Edição da noite foi para o casal Bob Murawski e Chris Innis, do longa-metragem Guerra ao Terror

publicado por Rickymcdread às 22:49
link do post | comentar | favorito
|
 

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


. Encomendas de postais per...

. A emoção do Euro 2012, re...

. ROCK IN RIO - LISBOA - 20...

. A TUA CARA NÃO ME É ESTRA...

. A morte da cantora Whitne...

. Grande final de "Secret S...

. Novidades "Casa dos Segre...

. A expulsão de Susana da "...

. Novidades da "Casa dos Se...

. Concerto de Britney Spear...

. Janeiro 2016

. Julho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008



Copyright Info / Info Adicional

 x - rap das armas
online