Terça-feira, 8 de Junho de 2010

A notícia trágica da morte de Carina Ferreira de Lamego!!!

Notícia trágica...

 

Encontrado corpo de Carina Ferreira

Encontrado corpo de Carina Ferreira | © DR
Carina: um desfecho trágico mais de um mês depois de ter desaparecido

O corpo de Carina Ferreira, a jovem desaparecida em Lamego há mais de um mês, foi hoje encontrado na autoestrada entre Lamego e Régua, aparentemente em resultado de um acidente de viação, avançou fonte da PJ.

A mesma fonte precisou à agência Lusa que o corpo e o carro de Carina foram encontrados entre Lamego e a Régua junto a um túnel, no fundo de uma ribanceira com mais de 30 metros, onde investigadores da PJ tiveram, inclusive, de fazer rappel.

Em comunicado, a PJ refere que "tudo indica tratar-se de um infeliz desfecho derivado de um acidente de viação, mas apenas os resultados da autópsia, a realizar pelo Instituto de Medicina Legal, poderão confirmar, ou não, tal ocorrência, mantendo-se em aberto outras possibilidades da causa da morte".

Carina Ferreira desapareceu a 01 de Maio e, desde então, era procurada por familiares e amigos.

 

 

Lamego: encontrado corpo de Carina Ferreira

Veículo caiu de uma ravina de 30 metros. Carina encontrada dentro do carro e com o cinto colocado

 

http://diario.iol.pt/multimedia/oratvi/multimedia/imagem/id/13271651/235

 

O corpo de Carina Ferreira foi encontrado esta segunda-feira à tarde dentro do Peugeot vermelho em que a jovem viajava no dia em que desapareceu. Carina foi encontrada com o «cinto posto» e o veículo terá caído de uma «ravina de 30 metros», segundo confirmou o tvi24.pt junto de fonte policial.

Os primeiros indícios recolhidos pela Polícia Judiciária dão conta que a jovem terá sofrido um acidente de automóvel e caiu numa ravina junto à A24, no trajecto que efectuava todos os dias, de Lamego, onde morava, e Peso da Régua, onde trabalhava. A descoberta foi feita esta tarde por inspectores da Judiciária que efectuavam rappel na zona, na tentativa de descobrir o carro da jovem.

 

 

Corpo de Carina já foi retirado


O facto de Carina ter sido encontrada dentro do veículo e com o cinto de segurança colocado leva a Polícia Judiciária a acreditar que a jovem terá falecido na sequência do acidente, no entanto, a mesma fonte policial explica que várias hipóteses estão ainda em aberto e que serão testadas na investigação.

A zona onde Carina Ferreira foi encontrada estava já delimitada pelas autoridades, uma vez que a equipa multidisciplinar que foi criada para a investigação do misterioso desaparecimento já tinha considerado aquela área como a mais provável para encontrar o veículo da jovem.

Carina Ferreira desapareceu a 1 de Maio. A jovem saiu de casa cerca das vinte e duas horas para o Clube de Caça e Pesca do Alto Douro, onde trabalhava, mas nunca chegou ao destino.

Carina Ferreira: traumatismo craniano terá sido a causa de morte

por Agência Lusa, Publicado em 07 de Junho de 2010

Carina Ferreira, a jovem que desapareceu a 1 de Maio, terá morrido com um traumatismo craniano. A informação é avançada pelo jornal Expresso, que cita fontes policiais.
O corpo foi encontrado esta terça-feira, dentro do carro numa ravina, junto à A24 próximo de Lamego. A Polícia Judiciária adianta que a jovem de 21 anos tinha ainda o cinto de segurança posto.
O Peugeot 106 estava tapado pela vegetação, no fundo da ravina com mais de 30 metros, o que explica a demora em encontrar a jovem desaparecida.
A PJ continua a investigar as causas da morte, mas as certezas de que terá sido um acidente são cada vez mais evidentes.
O corpo e o carro foram encontrados entre Lamego e a Régua, ao quilómetro 99 da A24, junto a um túnel; os investigadores da PJ tiveram, inclusive, de fazer rappel para aceder à zona.
Em comunicado, a PJ refere que "tudo indica tratar-se de um infeliz desfecho derivado de um acidente de viação, mas apenas os resultados da autópsia, a realizar pelo Instituto de Medicina Legal, poderão confirmar, ou não, tal ocorrência, mantendo-se em aberto outras possibilidades da causa da morte".
Carina Ferreira desapareceu a 1 de Maio e, desde então, era procurada por familiares e amigos.

Mensagens deixadas no seu Facebook enquanto Carina Ferreira estava desaparecida...

 

Procurada no Facebook


http://www.tvi24.iol.pt/multimedia/oratvi/multimedia/imagem/id/13255905/202

 

Sem qualquer informação, os amigos apostaram nas novas tecnologias para encontrar Carina e lançaram um repto no Facebook.

Através do grupo «Carina a tua força é a nossa esperança», os amigos reúnem energias e alertam a comunidade virtual para o desaparecimento de Carina que conduzia um «Peugeot 106 vermelho com jantes liga leve brancas com a matrícula 77-23-LP», também desaparecido desde sábado.

«Oxalá que isto fosse uma maluqueira da minha filha»

Inquietos os pais, desesperam por notícias da filha, incontactável desde sábado à noite.

«Não sabemos nada dela desde sábado. No domingo de manhã percorremos o caminho que ela costumava fazer, procurámos em todo o lado, mas nada. Não há notícias dela nem do carro. Nada», conta ao tvi24.pt a mãe de Carina.

Isabel Ferreira teme que o pior possa ter acontecido à filha. «Penso que alguém lhe possa ter feito mal. Há tarados para tudo e a Carina era simpática para toda gente e bonita. Era bailarina num grupo. Alguém pode tê-la visto e começado a perseguir», diz a mãe.

Isabel garante que a filha não levou nada suspeito de casa, que indicasse que poderia fugir.

«Não levou mala, nem dinheiro. Só a carteira com os documentos, que levava sempre para o trabalho», referiu, pouco crente na hipótese de desaparecimento voluntário da filha.

«Oxalá que isto fosse uma maluqueira da minha filha. Tomara ter uma luzinha que me orientasse, mas não consigo perceber», diz Isabel, que garante que o comportamento de Carina «não se alterou e que saiu de casa bem-disposta».

Os vizinhos também não compreendem o desaparecimento da jovem. Em declarações ao jornal «Douro Hoje» Salete Serrano, proprietária de um café no prédio onde mora a família Ferreira, recorda que a última vez que viu Carina foi na sexta-feira e diz que nunca reparou «em qualquer alteração de comportamento ou alguém a persegui-la».

«Pode ter sido uma espera»

Também sem respostas para o desaparecimento da sobrinha, Manuel Catarino, teme que alguém possa ter feito mal a Carina.

«O que poderá ter acontecido é alguma espera. Alguém que já a andasse a seguir e a conhecesse muitíssimo bem», diz o tio ao tvi24.pt, salientando que «para já tudo são meras hipóteses, suposições».

Outra hipótese que, Manuel Catarino levanta é a de acidente, uma vez que o «caminho que a sobrinha percorria era bastante acidentado».

«Pode ter ocorrido algum acidente. As autoridades deviam ter dado ordens para que um helicóptero fizesse o mesmo trajecto que a Carina costuma fazer», critica o tio.

 

 

A notícia que saiu na imprensa após o desaparecimento da jovem...

 

http://direitoetranscendencia.files.wordpress.com/2009/06/imprensa1.jpg

 

 

"Lamego: Carina ferreira, de 21 anos, está desaparecida desde dia 1
“Tenho esperança que ela volte”

Onze dias depois do desaparecimento de Carina Ferreira, de 21 anos, os amigos continuam a acreditar que a jovem, residente em Lamego, está bem e que vai regressar a casa sã e salva.

"Tenho esperança de que a Carina me ligue a dizer que está viva e que está bem. Acredito que nada de mal lhe aconteceu", disse ao CM Helena Pinto, amiga da jovem.

Na rede social Facebook, o grupo de apoio a Carina conta já com mais de vinte mil pessoas. Helena é uma das mais activas e faz questão de colocar várias mensagens de apoio aos pais da jovem. "Estou sempre a consultar o Facebook para ver se há alguma novidade. A minha esperança é que ela seja vista por alguém que faz parte do grupo", explicou Helena.

Na página, tanto amigos como desconhecidos de várias regiões de Portugal deixaram já várias mensagens de apoio à família da jovem. " Sou dos Açores e a história da Carina tocou-me muito. Apesar de ser de longe vou divulgar a mensagem. Espero que corra tudo pelo melhor. Muita força a todos os familiares e amigos", escreveu um dos membros do grupo.

A Polícia Judiciária está a investigar o desaparecimento da jovem, mas até ao momento não surgiram mais pistas. O carro de Carina não foi encontrado e não há registo de movimentos nas contas bancárias."

 

 

"Uma jovem, de 21 anos, desapareceu no sábado à noite quando fazia o habitual percurso entre Lamego, onde mora, e o local de trabalho, em Peso da Régua.

Desde então que amigos e familiares não sabem nada de Carina Ferreira. A jovem saiu de casa cerca das 22:00 para o Clube de Caça e Pesca do Alto Douro (CCPAD), onde trabalhava.

Várias horas passaram, e rapariga não chegou ao local combinado, onde a irmã, Daniela, e a colega de trabalho a esperavam.

De acordo com o secretário do CCPAD, Manuel Flácido Pereira, a inquietação aumentou depois de Daniela Ferreira ter garantido que a irmã havia saído de casa antes dela e ainda não tinha chegado ao clube, onde trabalhava desde que terminara o curso de turismo na Universidade de Coimbra, há um ano.

«Não há indícios de crime» no desaparecimento de jovem em Lamego

«Achámos estranho a Carina não atender os telemóveis e estar a demorar tanto a chegar ao Clube, pois o percurso faz-se em 15 minutos, e ela era sempre pontual», referiu Manuel Flácido, em declarações ao tvi24. Foi ele quem deu o alerta à polícia."

 

 

Lamego

Cronologia do desaparecimento de Carina Ferreira

http://www.otimizacaogoogle.com/jpg/G-A-cronologia-dos-links.jpg

<input ... > <input ... >

1 de Maio: Trabalhou no Clube de Caça e Pesca da Régua até às 20.00. Regressou a casa, de onde sai de novo para o clube, cerca das 22.00. Pega no carro, um Peugeot 106 encarnado, que abastece de combustível. Nunca mais foi vista.

2 de Maio: Familiares fazem, de madrugada, queixa do desaparecimento e iniciam buscas no terreno à procura de vestígios de acidente.

3 de Maio: Amigos criam página no Facebook e movimentam as redes sociais.

7 de Maio: O DN divulga o caso. A PJ assume que está a investigar e que “não há qualquer indício de crime” e considera “imprudente falar em desaparecimento”.

8 de Maio: O DN divulga o relacionamento da jovem com militares das operações especiais. Na internet há quem assuma que possa ter-se ausentado do país. A PJ lembra que Carina “é uma mulher autónoma, independente e livre de ir para onde quiser”.

11 de Maio: PJ faz buscas de helicóptero nos rios Douro e Balsemão mas nada encontra.

13 de Maio: PJ assume agora que pode haver crime. Na internet são já mais de vinte mil pessoas em busca de Carina.

17 de Maio: PJ conseguiu a triangulação dos dois telemóveis de Carina e determina uma área para buscas.

18 de Maio: PJ inicia buscas nos rios da região. Primeiro no Balsemão, uma área de treino militar usada pelas operações especiais e depois no Douro. As buscas incluem mergulhadores, agentes e pessoal da Marinha. As turbinas da barragem do Balsemão são passadas a pente fino.

19 de Maio: Manuel Catarino, avô de Carina, assume que há crime e que a neta não tinha razões para fugir. Prosseguem as buscas.

20 de Maio: Encontrado um Peugeot no rio, em Folgosa do Douro, que se confirma não ser o da jovem.

21 de Maio: Os pais e amigos da jovem optam pelo silêncio, de forma a não prejudicar a investigação das autoridades.

24 de Maio: Apesar da atenção que o caso tem tido, nem a fotografia nem a matrícula do carro que conduzia foram distribuídas pelos postos da GNR na região

25 de Maio: PJ reforça a equipa de investigadores, comandada por Helena Monteiro e composta por inspectores da área dos desaparecimentos, rapto, homicídio e sequestro. Há ainda elementos do combate à droga e ao banditismo.

7 de Junho: O corpo e o carro são encontrados a dois quilómetros de Lamego numa ravina paralela à A 24.

Lamego: Carina ferreira, de 21 anos, está desaparecida desde dia 1
“Tenho esperança que ela volte”

Onze dias depois do desaparecimento de Carina Ferreira, de 21 anos, os amigos continuam a acreditar que a jovem, residente em Lamego, está bem e que vai regressar a casa sã e salva.

"Tenho esperança de que a Carina me ligue a dizer que está viva e que está bem. Acredito que nada de mal lhe aconteceu", disse ao CM Helena Pinto, amiga da jovem.

Na rede social Facebook, o grupo de apoio a Carina conta já com mais de vinte mil pessoas. Helena é uma das mais activas e faz questão de colocar várias mensagens de apoio aos pais da jovem. "Estou sempre a consultar o Facebook para ver se há alguma novidade. A minha esperança é que ela seja vista por alguém que faz parte do grupo", explicou Helena.

Na página, tanto amigos como desconhecidos de várias regiões de Portugal deixaram já várias mensagens de apoio à família da jovem. " Sou dos Açores e a história da Carina tocou-me muito. Apesar de ser de longe vou divulgar a mensagem. Espero que corra tudo pelo melhor. Muita força a todos os familiares e amigos", escreveu um dos membros do grupo.

A Polícia Judiciária está a investigar o desaparecimento da jovem, mas até ao momento não surgiram mais pistas. O carro de Carina não foi encontrado e não há registo de movimentos nas contas bancárias.


Correio da Manha
publicado por Rickymcdread às 22:46
link do post | comentar | favorito
|
 

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


. Encomendas de postais per...

. A emoção do Euro 2012, re...

. ROCK IN RIO - LISBOA - 20...

. A TUA CARA NÃO ME É ESTRA...

. A morte da cantora Whitne...

. Grande final de "Secret S...

. Novidades "Casa dos Segre...

. A expulsão de Susana da "...

. Novidades da "Casa dos Se...

. Concerto de Britney Spear...

. Janeiro 2016

. Julho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008



Copyright Info / Info Adicional

 x - rap das armas
online