Domingo, 17 de Maio de 2009

Comemorações do cinquentenário do Cristo-Rei!!!

Hoje o Cristo Rei completa 50 anos da sua existencia!!!


Foi há 50 anos que este grandioso monumento foi construido e recebeu a Nossa Senhora de Fátima para a inauguração. Agora passados 50 anos a Nossa Senhora vem de Fátima para Almada para festejar esta data!!!


Ontem Fátima chegou a Lisboa:


16 Maio 2009

50 anos do Santuário de Cristo Rei

180 mil pessoas assistiram a homilia no Terreiro do Paço

A imagem de Nossa Senhora chegou ao Terreiro do Paço pelas 15h30, onde 180 mil pessoas esperavam por assistir à homilia presidida pelo Cardeal Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo.

 


Há momentos, o cortejo litúrgico deslocou-se até à ao cais da Base Naval de Lisboa, de onde sairá a imagem de Nossa Senhora no navio ‘Dragão’, da Marinha, para a procissão fluvial no rio Tejo, acompanhada pelos bispos de Lisboa e Setúbal e pelos presidentes das respectivas Câmaras Municipais.  Registou-se alguma confusão junto ao gradeamento para o rio Tejo, já que muitos fiéis queriam observar o momento em que a Nossa Senhora de Fátima partirá em cortejo fluvial.

Até ao momento, a Cruz Vermelha prestou cuidados de saúde a 18 pessoas no Campo das Cebolas e a 15 na Praça do Comércio, que na sua maioria se deveu a quedas e falta de açúcar no sangue. Houve ainda uma senhora que evidenciou sintomas de um acidente vascular cerebral (avc) e, como tal, foi transportada para o Hospital de S. José.



Cristo Rei/50 Anos: Cerimónias trazem arcebispos do Brasil e Angola


http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/3/3a/Cristo_Rei_(vista_lateral).jpg/200px-Cristo_Rei_(vista_lateral).jpg

As comemorações dos 50 anos do Cristo Rei prosseguem este domingo com a presença do enviado do Papa e de representantes das igrejas angolana e brasileira. Do Brasil, onde se encontra o monumento original, veio um arcebispo do Rio de Janeiro, enquanto que de Angola veio o arcebispo do Lubango, onde se encontra uma réplica da imagem portuguesa. A repórter Ana Isabel Costa falou com ambos os arcebispos e revela as suas motivações para virem a Portugal.



Assinatura Foto: DR
DR
Lisboa
Peregrinos de Cristo-Rei comemoram 50 anos do monumento

Bento XVI dirige mensagem aos fiéis, nos 50 anos do Santuário de Cristo Rei. Palavras do Papa serão lidas durante a celebração, pelo cardeal Saraiva Martins

Duas mil crianças vão participar nas comemorações do cinquentenário do Cristo Rei, nas procissões de Lisboa e Almada. O objectivo é recordar o papel dos mais pequenos na construção do santuário.

Mil meninos e meninas, na maioria alunos de vários colégios católicos de Lisboa, vão integrar a procissão que acompanha a imagem de Nossa Senhora de Fátima pela Baixa de Lisboa até ao cais de embarque do Terreiro do Paço, hoje. Amanhã, 17 de Maio, outras mil crianças participarão no cortejo que vai sair do Seminário de Almada e seguirá até ao Cristo Rei, com a imagem de Nossa Senhora de Fátima e Relíquias de Santa Margarida.

São esperadas 250 mil pessoas, este fim-de-semana, nas celebrações dos 50 anos do Cristo Rei. A organização aconselha a ir cedo, levar banco para sentar, entre outros cuidados como guarda-chuva. Em 1959, na inauguração do santuário, Almada recebeu mais de 300 mil pessoas.

O ponto alto destas comemorações decorrerá, amanhã, domingo, com a presença do enviado papal, o cardeal Saraiva Martins. Aos peregrinos de Cristo-Rei, Bento XVI enviou uma mensagem que será lida pelo prefeito emérito para a Congregação das Causas dos Santos.

O acto solene comemorativo no Santuário inicia-se pelas 16h. Conta com as intervenções do bispo de Setúbal, Gilberto Canavarro Reis; do arcebispo do Rio de Janeiro, Orani Tempesta, por ocasião da geminação entre o Santuário de Cristo Rei e o Santuário do Cristo Redentor do Corcovado.

O reitor do Santuário Cristo Rei, Sezinando Alberto e o presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, Jorge Ortiga intervirão também. O programa contempla a renovação da Consagração de Portugal ao Sagrado coração de Jesus, feita pelos bispos portugueses.

 


 


 


Senhora de Fátima uniu margens do Tejo

Lisboa 50.º aniversário do Cristo-Rei justifica regresso de imagem a santuário

<input ... >Ontem


Milhares de peregrinos participaram ontem nas comemorações dos 50 anos do Cristo-Rei que trouxeram a Lisboa e a Almada a imagem de Nossa Senhora de Fátima. Uma gigantesca procissão marítima uniu as duas margens do Tejo.

A imagem de Nossa Senhora de Fátima deixou, ontem de manhã, a capelinha das Aparições, para se juntar ao cinquentenário do Cristo-Rei. Em Lisboa, a imagem que, no passado dia 12, na Procissão das Velas, em Fátima, juntou 100 mil fiéis, voltou ontem a reunir multidões à sua passagem.

A imagem passou pelo Hospital Dona Estefânia, parou por instantes junto à Igreja Paroquial dos Anjos e rumou depois à Igreja de São Nicolau, na Baixa de Lisboa. À tarde, seguiu para a Praça do Comércio - entre fiéis e crianças vestidas de branco.

"A vinda de Nossa Senhora estava prevista desde o início, porque também esteve cá na inauguração (do Santuário do Cristo Rei) e por isso quisemos repetir esse gesto", explicou à Lusa Francisco Noronha Andrade, um dos responsáveis da comissão organizadora do cinquentenário.

Maria da Graça não quis entrar na Igreja de São Nicolau, desencorajada pela confusão provocada pelas pessoas que, em fila, avançavam lentamente pelos corredores que as levariam até poucos metros de distância da imagem da santa e onde paravam uns minutos para rezar. "Não tive oportunidade de ir a Fátima e como regresso na próxima semana a Angola não quis deixar de receber esta bênção. Vim pedir paz, por toda a minha família e sucesso na minha vida", revelou.

Encostada às baias de protecção colocadas pelas autoridades no local, e de máquina fotográfica em punho, também Helena Piçarra aguardava a saída da réplica de Nossa Senhora de Fátima. Ao contrário da maioria dos presentes, que aproveitava a oportunidade para fazer pedidos a Nossa Senhora de Fátima, Helena estava ali com outras intenções. "Não gosto de fazer pedidos, gosto de agradecer, é muito melhor", afirmou.

Na praça mais nobre da capital, ao fim da tarde, o cardeal patriarca celebrou uma missa. "Toda a cidade se transformou num templo, onde só não sente o amor de Cristo quem não quer", disse, durante a homilia".

"Como olhamos nós, 50 anos depois, para esta imagem erguida sobre a cidade?", questionou-se D. José Policarpo. "Somos nós, actuais habitantes de Lisboa, que podemos reduzi-la a um miradouro, se não nos sentirmos amados e protegidos pelo coração de Cristo. Esse é o fruto que desejamos obter com estas celebrações: reacender nos habitantes da cidade a força que lhes vem dessa solicitude redentora de Jesus Cristo".

Um cortejo de embarcações acompanhou a imagem de Nossa Senhora, na travessia do Tejo entre Lisboa e Cacilhas. Uma procissão de velas antecedeu a vigília nocturna que se prolongou pela madrugada na igreja de Almada.

 

 

 



A chegada de Nossa Senhora de Fátima a cacilhas!!!


Um dia inesquecível para Almada

As imagens falam por si, quase nem é preciso dizer muito...  Não é todos os dias que assiste a um evento deste género. . Foi um dia histórico para Almada, ao qual não quis deixar de registar e captar em fotografia. Foi bonito e comovente a chegada de Nossa Senhora de Fátima a Cacilhas. Uma visita muito aguardada e esperada. Que ela nos traga paz de espírito e alegria aos nossos corações.











Todo o programa das comemorações:


Comemorações dos 50 anos do Cristo Rei estendem-se por um ano

http://cache03.stormap.sapo.pt/fotostore02/fotos//0f/c1/c0/1845555_tuWMh.jpeg

 

O santuário do Cristo Rei, em Almada, celebra 50 anos e as comemorações, que arrancam no fim-de-semana de 16 e 17 de Maio, vão estender-se durante um ano. Francisco Mendes, padre do santuário, revela que o “programa longo e diversificado” tem um “orçamento muito austero”, de 200 mil euros. Este foi um valor que “sofreu com a actual crise”, uma vez que o santuário “gostaria de avançar com mais coisas”. Além disso, perante esta situação económica internacional, “nem seria moral gastar mais”, conclui.

 

Francisco Mendes aponta “dois grandes destaques” para o fim-de-semana das comemorações dos 50 anos do santuário do Cristo Rei, nomeadamente “a vinda da imagem de Nossa Senhora de Fátima da capelinha das Aparições” a Almada, onde ficará para a celebração jubilar, e a “geminação entre o santuário do Cristo Rei e o do Corcovado”. Os responsáveis estão à espera de cerca de 150 a 200 mil pessoas nas comemorações, isto só no lado de Almada, até porque “já há bastantes inscrições de peregrinações organizadas”, cerca de quatro mil.

 

Entretanto, o bispo de Setúbal, D. Gilberto dos Reis, revelou à agência Lusa que as receitas do monumento não chegam para pagar as obras de manutenção, acumulando uma dívida de cerca de um milhão de euros. Francisco Mendes confirma este número, justificado pelo “plano de investimento para aumentar a capacidade de acolhimento do santuário e ser auto-sustentado”, colocado em prática pelo reitor do santuário, o padre Sezinando Alberto.

 

Além deste investimento, que permitiu “alguma capacidade de alojamento e melhores condições para reuniões e outras iniciativas”, foi também feita uma “melhoria nos arranjos internos e um restauro” ao monumento. Francisco Mendes garante que a dívida está “controlada” e é “amortizada regularmente”, reconhecendo que campanhas publicitárias como a que o santuário foi alvo na passada época natalícia podem ser uma “solução”. No entanto, lembra que “não pode ser qualquer campanha”, nomeadamente “algo que desdiga o lugar”, o que “limita o interesse” de potenciais interessados.

 

Esta dívida não põe em causa o novo projecto de iluminação do santuário do Cristo Rei, cujos fundos estão “garantidos” e cujo financiamento é assegurado em partes iguais entre a câmara de Almada, a de Lisboa e o próprio santuário, num projecto que o padre espera ver “concluído no Natal”. Além desse, há ainda vários projectos “pendentes”, como a construção de uma via-sacra no recinto exterior, uma escultura em bronze para a base do pedestal, o arranjo do miradouro ou a construção de um núcleo museológico.

 

Francisco Mendes realça a importância do Cristo Rei, “o maior cartão de visita de Almada e da diocese de Setúbal”, sublinhando “o apoio e a presença inestimável” da autarquia almadense. No entanto, o padre reconhece que o apoio do Governo “não é suficiente”. Lembrando que esse é “um velho problema”, Francisco Mendes considera que o Governo “não costuma ser um bom administrador do próprio património, quanto mais do dos outros”, dando o exemplo do cabo Espichel, que está “em ruína” e o poder central “não faz nada”.



Sábado, 16:

12h Chegada da Imagem de Nossa Senhora
14h Concentração da multidão
15h30 Recepção a Nossa Senhora e recitação do Terço
17h Missa presidida pelo Cardeal-Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo
19h Cortejo de embarcações no Tejo, acompanhando a Imagem
de Nossa Senhora para Almada
20h Procissão de velas
22h Vigília nocturna
Igreja de São Nicolau
Praça do Comércio
Praça do Comércio
Praça do Comércio
Rio Tejo
Cacilhas
Igreja Paroquial de Almada

Domingo, 17:


10h Missa presidida pelo Bispo de Setúbal, D. Gilberto Reis
13h30 Com Nossa Senhora e Relíquias de Santa Margarida
a caminho de Cristo Rei
16h Celebração Aniversaria do Cinquentenário presidida pelo Enviado Especial
de S. S. o Papa Bento XVI, Cardeal D. José Saraiva Martins
Igreja Paroquial de Almada
Procissão nas ruas de Almada
Santuário de Cristo Rei

A história do Cristo-Rei:

Cristo-Rei


Cristo-Rei

Vista lateral do Cristo-Rei.


Informações
Localização Almada, Portugal
Status Em funcionamento
Construído 1949-1959
Abertura 17 de Maio de 1959 (50 anos)
Uso Miradouro e capela
Companhias
Engenheiro
estrutural
Francisco de Mello e Castro
 
Cristo-Rei e a Cruz Alta.
 
Monumento a Cristo-Rei.

O Cristo-Rei é um monumento religioso localizado na freguesia de Almada, no concelho de Almada, em Portugal.

Situa-se a uma altitude de 113 metros acima do nível do Tejo, sendo constituído por um pórtico projectado pelo arquitecto António Lino, com 75 metros de altura, encimado pela estátua do Redentor de braços abertos voltado para a cidade de Lisboa, com 28 metros de altura, obra do escultor português Francisco Franco de Sousa. O pedestal, incluindo o pórtico, eleva-se a 82 metros de altura. O monumento a Cristo-Rei constitui a maior atracção turística do concelho de Almada, a seguir às famosas praias da Costa de Caparica. É de visita obrigatória a todo o turista que visite Lisboa.

Este monumento é o melhor miradouro da cidade de Lisboa, oferecendo uma ampla vista sobre a capital e sobre a Ponte 25 de Abril. Em numerosas reportagens turísticas sobre Lisboa, surge o monumento a Cristo-Rei, ex-líbris de Almada.

É uma das mais altas construções de Portugal, com 110 metros de altura.


História

A estátua de Cristo Redentor, existente no Rio de Janeiro, no Brasil, inspirou, em 1934, durante uma visita àquela cidade, o Cardeal Patriarca de Lisboa de então, Dom Manuel Gonçalves Cerejeira, a construir um monumento de cariz similar em Lisboa. No ano de 1936, transmitiu esta ideia ao Movimento do Apostolado da Oração, com uma recepção entusiástica. Seguiu-se a sensibilização de todos os bispos do país, tendo sido obtida a proclamação oficial do desígnio no ano seguinte, na Pastoral Colectiva da Quaresma.

O monumento a Cristo-Rei foi também edificado em cumprimento de um voto formulado pelo Episcopado Português reunido em Fátima a 20 de Abril de 1940, pedindo a Deus que livrasse Portugal de participar na Segunda Guerra Mundial. Salazar, não quis violar a velha amizade com o Reino Unido, que data do século XIV, e preferiu manter a neutralidade, não tendo Portugal participado na referida guerra.

A primeira pedra da construção do monumento foi lançada em 18 de Dezembro de 1949, após o fim da guerra. Foi inaugurado a 17 de Maio de 1959, dia de Pentecostes, na presença dos cardeais do Rio de Janeiro, de Lourenço Marques e de cerca de 300 mil pessoas, entre autoridades oficiais e cidadãos anónimos. Nessa ocasião, esteve também presente a imagem original de Nossa Senhora de Fátima e foi feita a consagração de Portugal aos Sagrados Corações de Jesus e de Maria. O Papa João XXIII não esteve presente na cerimónia, mas enviou uma mensagem de rádio, que foi então transmitida. Na altura, o Cardeal Cerejeira afirmou que o monumento seria sempre um sinal de gratidão pelo dom da paz.

Por altura da celebração do 25º aniversário, em 1984, foi aprovado um plano de ordenamento dos terrenos circundantes, do qual resultou a construção do edifício de acolhimento do Santuário hoje existente. Nesse edifício, funcionam ainda a reitoria e os serviços administrativos, possuindo o mesmo uma capela e diversas salas para exposições e reuniões.

Em 1999, a Diocese de Setúbal passou a tutelar o Santuário. Entre Maio de 2001 e 1 de Fevereiro de 2002, foi submetido a obras de restauro.

A 17 de Maio de 2007, foi inaugurada a chamada Sala Beato João XXIII, contendo 8 quadros inspirados pela encíclica Pax in Terris, da sua autoria. No mesmo dia, foi colocado diante do monumento a Cruz Alta, antigamente pertencente ao Santuário de Fátima, na sequência da construção da nova Basílica daquele local de peregrinação.

A 17 de Maio de 2009, para comemoração do Cinquentenário da inauguração do monumento, a imagem de Nossa Senhora presente na Capelinha das Aparições em Fátima tornará a estar presente no local e o Santuário de Cristo-Rei receberá os Bispos portugueses e, ainda, as relíquias de Santa Margarida Maria Alacoque, a religiosa de Paray-le-Monial a quem Jesus revelou o seu Sagrado Coração.


Leituras recomendadas

  • Alberto, Padre Sezinando (2009). Peregrinos de Cristo Rei de Almada. Lisboa: Paulus Editora.
  • Barbosa, Adérito Gomes (2009). Coração Grande: os valores da Paz, da Misericórdia e Cordialidade. Lisboa: Paulinas Editora.
  • Câmara, Maria João da (2009). Cristo-Rei: espiritualidade e História. Parede: Lucerna.


Ligações externas

 

http://img132.imageshack.us/img132/8269/cristorei911972vd8.jpghttp://blog.cancaonova.com/fatimahoje/files/2008/05/maria-fatima.gif

Vejam aqui o video do acontecimento:

A «Ligação entre Fátima e Cristo-Rei»

 

 

Procissão encheu ruas de Almada

 

publicado por Rickymcdread às 15:16
link do post | comentar | favorito
|
 

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


. Encomendas de postais per...

. A emoção do Euro 2012, re...

. ROCK IN RIO - LISBOA - 20...

. A TUA CARA NÃO ME É ESTRA...

. A morte da cantora Whitne...

. Grande final de "Secret S...

. Novidades "Casa dos Segre...

. A expulsão de Susana da "...

. Novidades da "Casa dos Se...

. Concerto de Britney Spear...

. Janeiro 2016

. Julho 2012

. Maio 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008



Copyright Info / Info Adicional

 x - rap das armas
online